TOPDesk

Responsável

Publicado em 29/07/2013 em SUPORTE - A Série

17 Comentários

Danilo Passafaro disse:

Acho que suporte é a única profissão em que ser bom não é bom! :S

Mateus Costa disse:

Quando acontece isso, eu já fico com pulga atras da orelha, o pior mesmo é atender vizinhos e familiares, eu sempre indico alguem melhor que eu.

Christian disse:

existem muitos chamados no qual não atendo mais. sempre falo, esta semana esta complicado viu, vou tentar encaixar.

Michel disse:

Acho que suporte é a única profissão em que ser bom não é bom! :S²

Rodrigo disse:

Putz… eu repeti isso minha vida inteira… Eu dizia “tu te tornas eternamente responsável por aquilo que pôs a mão!”

Rodrigo disse:

Tem um ditado escocês que diz “Ajude um homem, e este homem lembrará de você sempre que precisar de ajuda de novo…”

Roberto Cohen disse:

Absolutamente VERDADEIRO.

Abs

Cohen

Adriano Teixeira disse:

Depois de ser elegido o “queridão” daí já era…

Sérgio Pereira disse:

Depende da usuária, né pessoal? Tem umas que valem até a pena virar “eternamente responsável”… 😉

Igor disse:

Uma vez a minha vizinha pediu pra eu olhar a internet do neto dela, fui lá e deixei funcionando direitinho, quando me despedi ela “quanto tu vai cobrar?”
Eu disse que nada afinal não trabalho com isso (sou contador).
Então ela: “ótimo vou sempre te chamar!”
Dito e feito, no outro dia tive que fechar a janela e recusar as ligações.
Não dá pra ser educado, infelizmente.

Anderson Geógrafo disse:

Rsrsr! Essa frase é do filme o Pequeno Príncipe!

Rirarow disse:

A melhor coisa é fazer uns cartões de visita e falar que está começando um negócio à parte e dando suporte. Essa turma foge na hora. Ou então vai pagar pelas horas … kkkk

Israel disse:

Vixe, isso acontece direto… depois que a vizinha ficava falando “Deus lhe pague”, comecei a ser mais “furão” e então parou o abuso. Realmente, não tem consciência mesmo.

Tenho uma amiga que já é diferente, ela sempre traz notebooks, netbooks, PC e até tablet, mas sempre paga e isso vem de anos e anos. Nesse caso é diferente. rsrsrs.

Hector disse:

Eu sou o “queridão” de uma empresa, mas no meu caso tive sorte porque eles nunca reclamam do meu preço…

Fabiano disse:

Já passei por isso…

Andre disse:

Aqui a gente se torna eternamente responsável por aquilo que fez uma vez!
Mesmo que não seja sua função, sempre te chamarão para fazer isso quando precisar! Mudar pianos de lugar, por exemplo. Ou arrumar ar-condicionado… Ou elevador… :/

Deixe uma resposta

© 2016 Vida de Suporte | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro