TOPDesk

O que significa TI?

Vida de Suporte

Inspirado por histórias reais enviadas por Maicon de Menezes, Everaldo Nascimento e Micael Martins.


19 Comentários

Cybelle disse:

Pior que salário baixo é o candidato a vaga! Bora se valorizar neh gente!!!

Jefferson disse:

Pior que Cybelle saiu uma vaga para Valinhos-SP que eles exigiam inglês fluente para trocar tonner, desenroscar folhas, alimentar impressora, etc, etc e nada devidamente de servidor em si. Por R$ 1.350,00, infelizmente tem gente que abraça a vaga… Nossa área esta virando piada para todos.

Renato disse:

E esses que entram por 500 reais ainda viram puxa saco do chefe e infernizam a vida de todo mundo.

Jadir A. Santos Jr. disse:

A mais pura realidade, infelizmente!!!

wilian Fonseca disse:

Meu , pai é Mestre de obras com formação , e tem um bom salário cerca de 10 salário mínimo , porém e muito comum pedreiro com um pouco mais de experiência se candidatar as vagas sem qualquer preparação e reduzir a qualidade e salário , sendo assim os Mestre junto com os engenheiros não aceita estes sábios , só assim melhorou a area , devemos fazer o mesmo com os profissionais de ti formados pelo Google

Vinicius Puça Ribeiro disse:

Hoje mesmo vi uma vaga para Analista de T.I para ganhar R$1.800, mas que precisava ter conhecimentos em consertar máquinas de café… O que tem a ver com Tecnologia da Informação?!?! Nossa área está muito desvalorizada e virando piada já…

Ariana disse:

E pra namorada: Tempo indisponível!

Léo Carvalho disse:

Trabalho na prefeitura de minha cidade. São mais de 300 funcionários, quase 150 computadores (em todos os setores). Só eu de funcionário na área de informática. Faço de tudo: controlo a intranet, dou manutenção nos pcs, faço toda a parte gráfica (corel e photoshop); cartazes, banners, flyers, panfletos, tudo que vai para gráfica passa nas minhas mãos, aliás, faço manutenção no site também. Meu salário! R$ 1.260,00 isso porque tenho quinquênio e gratificações. Foda!

César disse:

Vinicius Puça Ribeiro;
Saber consertar maquina de café é aceitável se for apenas para a própria empresa, trabalhar sem café nao da!

Cadmiel disse:

Significa… “Trabalho Ingrato”, e eu nem “To Improvisando” é de “Tamanha Insatisfação” que somos “Totalmente Ignorados”.

“To Irritando?” #nemligo

Isaac disse:

POR R$ 500 eu prefiro ficar aqui em casa atendendo a demanda do meu bairro e saindo para fazer manutenção em pequenas lojas e supermercados da minha cidade… ganho mais e vivo mais feliz por não estar todo dia no mesmo lugar com as mesmas pessoas e ainda recebendo bronca por não alcançar metas de produção criadas por pessoas que nem sabem oq eu faço. Não me curvo para mais ninguém, sou freelancer, mercenário, micro empresario… pode me chamar de qualquer coisa, mas nunca serei chamado de escravo.

tonho da lua disse:

leo caravalho no seu caso era mais facil vc ser PJ presta serviços para prefeitura.

Alexandre disse:

Deveria haver um órgão regulatório, como o CREA, por exemplo, assim a área não ficasse tão “jogada as traças” e não haveria escolhas de salários específicos, mas sim os valores estipulados para o profissional, como deveria ser. TI é uma área que existe em TODOS os setores, até mesmo na Agricultura e Agronegócio, por isso deveriam exigir um órgão regulatório para acabar com essa palhaçada que fazem com os profissionais de TI.

Dorgival Lopes disse:

É impressionante como uma área essencial hoje dentro, das empresas, órgãos públicos ou seja pra economia geral está até hoje sem um órgão regulador e se desvalorizando tanto. O problema é que tem gente no mercado mesmo que como freelancer, pega serviço por 25 até 50% a menos faz um serviço péssimo e depois as pessoas vem querendo um bom serviço pelo mesmo preço, não abaixo o meu por motivo nenhum e se for pra consertar m… dos outros ainda cobro mais caro!
Quando resolvi dar manutenção em notebooks parti par um curso, paguei um absurdo, ai vem um técnico feito nas coxa e começa a fazer sem qualificação nenhuma, ai arrebentam a carcaça toda, some com parafusos to quase é não pondo a mão nessas m…..!

Junior disse:

Quando fiz a faculdade sonhava me mudar para o vale do silício….

Eu sabia que ia ter alguém falando em regulamentação, então…

Sou (quase, falta o TCC e o estágio) engenheiro e precisarei pagar CREA: pena que esse conselho profissional não faz nada pelos profissionais exceto faturar nas anuidades.

“Mas tem o piso salarial e blá blá blá”. Tem sim: piso salarial para ENGENHEIROS, até a hora em que te contratam como ‘desenvolvedor’, ‘analista’, ‘gerente’. Não precisam pagar o piso, pois não contrataram ENGENHEIROS e o piso salarial é da engenharia, não de ‘analista’.

Sem falar na burocracia a qual eles sujeitam qualquer projeto e qualquer profissional.

E, é claro, eles serem peso morto, não se vê um pio deles quando uma empresa de engenharia é acusada de corrupção, superfaturamento, etc…. afinal, eles não vão criar inimizade com quem emprega engenheiros.

Me surpreende que eles não transformaram hardware/software livre, movimento maker etc… em ‘exercício ilegal da engenharia’.

Cuidem bem com o que vocês desejam…

Fernando Moreira disse:

Léo Carvalho, eu no seu lugar já teria pedido exoneração do cargo, por esse salário aí, nem pego a vaga.

israel disse:

TUDO INOCENTE

Deixe uma resposta

© 2016 Vida de Suporte | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro