TOPDesk

Excluídos

Publicado em 04/01/2014 em Estagiário,Histórias Reais,SUPORTE - A Série

Vida de Suporte

16 Comentários

Fernando Haggë disse:

Que diabo de beijinho no ombro é esse no estagiario

Michael Usuario disse:

Assite ai Fernando Hagge
http://www.youtube.com/watch?v=73sbW7gjBeo?

albert disse:

já vi uma mulher que guardava as fotos e documentos mais importantes na lixeira que era pra ninguém ver…. quase exclui…

juliano alves medina disse:

cara eu não vi isso

juliano alves medina disse:

a ignorância e uma dadiva

Robson disse:

Não… Eu não li isso!!!

Ricardo disse:

Eu ja encontrei um usuario q guardava arquivos na lixeira sera q ele tinha o mesmo pensamento?

Willian disse:

Meus olhos sangram

Clewbber disse:

Comigo aconteceu de o cliente levar o pc pra formatar e fazer bkp, qndo o cliente recebeu de volta perguntou: Kd os arquivos q estavam na lixeira??? kkkkkkk

Guilherme Sanchez disse:

Realmente dá muito trabalho criar uma pasta com um nome sugestivo (Importante, Não Apagar ou qualquer outro). Mais fácil mover pra lixeira e achar que todo mundo tem o mesmo QI de samambaia de plástico do usuário…

Fabrício disse:

É que guardar arquivos na lixeira protege eles, e ainda por cima não gasta espaço de armazenamento!

Giovani disse:

“É que guardar arquivos na lixeira protege eles, e ainda por cima não gasta espaço de armazenamento!”

Os arquivos devem ficar flutuando no limbo e protegidos pelo deus recycler

Ezequiel disse:

Sim, já recebi um caso destes. dae vc da uma geral deletando temporarios, lixeira e td mais, e o cara se desespera.

Celso disse:

Eu acredito totalmente, pois tenho um amigo meu que utiliza exatamente essa tática. E ele no caso, organiza em diversas pastas por assuntos, todas essas pastas dentro de Itens Excluídos. Impressionante mesmo.

Alexander disse:

Já vi gerente de banco fazer da Lixeira do Windows sua pasta de backup…Ai o téc foi lá pra fazer uma manutenção de rotina, limpou a lixeira e o gerente queria a cabeça do técnico…

Deixe uma resposta

© 2016 Vida de Suporte | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro