TOPDesk

Escola de programação para crianças

Publicado em 24/03/2014 em SUPORTE - A Série

60 Comentários

Thiago disse:

Será ótimo se reduzir a quantidade de usuarios!

Gabriel disse:

“Indentar” o código?! wtf?!

Michel disse:

Lidei um pouco de Delphi(pouco msm). Delphi é baseado/utiliza Pascal não é?

André Farias disse:

@Gabriel, a culpa foi do Estagiário!

Mas já corrigi 😉

Artus Rocha disse:

Não identar o código merece castigo de joelho no milho.

Márcio Konrath disse:

Delphi highlander

rarara… o castigo tá fácil. só ir dando um Crtl+C/Crtl+V…

Marcelo disse:

Mas indentação estava certo… Apesar de ser comum falar “identação”.

Tiago C Oliveira disse:

Que eu saiba, o correto é “indentação” mesmo: http://duvidas.dicio.com.br/identacao-ou-indentacao/

Mônica Carneiro disse:

Muito bonitinha a tirinha…hauahuahauahaua

Bruna N disse:

Puxa vida, eu programo em Delphi…

Felipe disse:

Eu programo em Object Pascal 😛

Alexandre disse:

Programadores Delphi, Windows, estagiários, sempre serão zoados…

Matheus disse:

O castigo é fácil cumprir, basta fazer o clássico:
int quantas_vezes = 1000;
for(int i=0; i < quantas_vezes; i++)
{ printl("Não deixarei mais de identar o código."); }

😛

Felipe Leal disse:

Ehh Para quem programa em DELPHI (versões mais novas) Identação basta apertar CTRL+D no código fonte.

E particularmente eu alteraria o quadrinho para:

HAHAHAHAHAH ELE USA VIRTUAL MACHINE KKKKKKKKKKKK

André disse:

Não sei porque falam tanto mal do Delphi.

Alberto Rosa disse:

Também já programei em Delphi, acho que mais zoado que quem programa em Delphi era, na época, quem programava em VB.
Isso na época do VB 6 e Delphi 3 a 5 mais ou menos com banco de dados em Paradox e depois em Interbase.
Saudades dessa época…

Na escola que cursei o ginásio (1995), já ensinavam programação para os alunos, ta certo que era Logo e Basic. Mas foi um belo começo.

Se ele usa-se ruby seria mais fácil:
1000.times {puts “Não deixarei mais de identar o código. \n”}

Alexandre disse:

@Alterto Rosa, tamo junto! rs

Alexandre disse:

Digo, @Alberto Rosa, rs
Acho que o problema são os arrastadores de objetos que se intitulam programadores em Delphi. Daí a má fama.

A palavra “indentar” estava correta, ela foi “arrumada” pro errado…

Michel disse:

@Alberto Rosa, gzuis cara, e eu então q brincava com o VB 3.0??? Qdo estudei processamento de dados(sim, hj não se usa mais esse termo, mas tá lá no meu histórico até hj, haha), vi pascal, quickbasic, dbase e até clipper. Hj não me lembro mais nada de programação(fui para outra área). Estou começando o B-a-bá da linguagem C por conta.

Diogo Paiva disse:

André, o estagiário incrivelmente estava certo dessa vez.
Era indentar mesmo, pois vem do inglês indentation.

Cicero Roberto disse:

Eu programo em DELPHI e o bullying é real, eu lembro à um tempo atrás na faculdade o professor perguntou com que linguagem eu trabalhava e quando eu disse que era DELPHI, ele falou:”AFF , você não acha que tá ultrapassada não?”.
Ai ai viu, para os poucos informados a IDE DELPHI-XE5 é possível desenvolver APP’s para IOS e Android.

André Farias disse:

Vocês tão me deixando confuso!

JP disse:

@Alberto_rosa apesar de tb não programar mais em Delphi eu gostava muito da linguagem. É muito rápido de fazer um programa de qualidade (nas mãos de um programador de qualidade), e da mesma forma q PHP Delphi tb é orientada a objetos mas não te obriga a usar POO se não for o caso.

@Alexandre concordo 100%. E digo mais, o unico motivo de Java nao ter esse mesmo estigma é pq é bem mais dificil e acaba espantando esses pseudo-programadores.

Obs: iNdentação FTW!

Rodrigo disse:

Linguagem boa é a que paga o salário…

João H disse:

“E lá se foi o último site que não tirava sarro do Delphi”
kkkkkkkk
PS: Programo em Delphi com muito orgulho, sustento minha familia e sim, eu sofro bullying. 🙂

Oppa Canstyle disse:

Delphi nem existe mais, foi descontinuado. 😉

André Farias disse:

Galera, eu não tô tirando sarro de quem programa em Delphi, não. Pelo contrário. Tô mostrando como os desenvolvedores dessa linguagem sofrem 🙂

Alia disse:

É “indentação” mesmo, dá essa folga pro Estagiário xD

Mas ainda assim melhor que muita apostila de escolas fajutas que escrevem “edentação” 😛

João H disse:

Tranquilo André…

Diferente de outros sites vc sempre respeitou as opções de cada um, e aqui é nítido que é sempre na brincadeira e não no sentido pejorativo.
E também… cabe a cada um saber diferenciar as coisas.

Mas se não me engano, de acordo com outras tirinhas, o personagem “Gérson” usa Delphi não é? Duvido que o filho dele sofreria bullying… hehehe

Grande Abraço, suas tiras são as melhores…

marcos disse:

for(int i=0;i<50;i++)
printf("nao deixarei mais de identar o codigo.\n");

Davi disse:

Para tirar a dúvida:
1 – Pesquisar “indentação” no Google;
2 – Se ele responder “você quis dizer: ‘identação'”, estava errado;
3 – Como ele não respondeu, estava certo.
Para tirar a prova:
1 – Pesquisar “identação” no Google;
2 – Viu? “Você quis dizer: ‘indentação'”.
:p

Diego(MOW) disse:

Delphi Rules!!! Hahaha

O pior é ir nos eventos da Embarcadero e ver que tem Miltrocentos programadores em Delphi 7, e alguns que “testaram” as versões mais novas (tipo a XE, que já está 5 versões atrasadas da versão atual).

Outro motivo para a má fama.

Michel disse:

Embora eu não seja da área de programação, me atrevo a dizer uma coisa: não existe linguagem de programação ultrapassada, só antiga. COBOL que o diga e ainda é usada(e até onde eu sei, quem sabe programar essa linguagem(tiozinhos não é?), ganha bem).

Se eu estiver errado, me corrijam por favor!

Cicero Roberto disse:

Acho legal essa molecadinha que só repete o que falam, tipo “Delphi é um linguagem descontinuada “.
Cobol a 20 anos atrás já era considerada uma linguagem ultrapassada, porém os profissionais desta linguagem, são bem remunerados

Cicero Roberto disse:

Sábia palavras Michel, e não você não esta errado

Michel disse:

@Cícero, obrigado man 🙂

Julio disse:

Programador é que nem usuário rs

Denis disse:

Delphi é uma linguagem muito boa. Excelente. Melhor que já vi. Porcaria é Java. Código sujo.

Helliton disse:

Já estava na hora de Delphi sofrerem Bullying, eu já tentei faz isto aqui, na faculdade, mas tem muita gente que ainda o defende, o problema do Delphi é o fato de ele ser simples, e fazer o programador sempre preferir um código simples, algo que hoje em dia não funciona mais, quem programa em Delphi, só se importa com o fato do programa rodar.

André disse:

Pessoal, se fala muito do Delphi, eu trabalho com ele há 13 anos, e me faz feliz R$. Desenvolvo em .Net, Java, cada um tem suas qualidades, hoje com Delphi ganho mais que alguns programadores .Net e Java.
E lembrando que o Delphi é simples sim, mas, para um bom profissional, a simplicidade dele abre Horizontes, já vi muito código horrível, feito por seniors em outras linguagens.

Felipe disse:

Olha Delphi é uma linguagem com diversos problemas e é a que hoje paga o meu salário.

Para aqueles outros q também sofrem bullying (e programam em Delphi) tem muitas vagas em aberto, com bons salários para quem é bom em http://www.softplan.com.br

PS.: O sistema de alguns tribunais de justiça, ministério público e procuradorias é desenvolvido em Delphi (óhhhhhhh)

Leivio disse:

Sou lider de equipe de um software presente em todos os estados do Brasil com mais de 15 mil clientes. Tenho experiencias profissionais em c#, java Me e EE, desenvolvimento de firmwares em C e C++. Hoje uso Object Pascal na IDEs Delphi e Lazarus. E digo: a remuneração e bem superior a muitos arquitetos Java e vc tem oportunidades de desenvolver em baixo nivel fazer coisas que hoje é dificil nessa epoca que a maioria dos desenvolvedores so sabem desenvolver usando frameworks. Ou seja, não apredem mais as ciencias da computação sao meros usuario de tecnologia. Triste realidade!!!! . Elem disso deixo uma dica para os novatos: aprenda a desenvolver software sem se importar com liguagem, pois o cliente em sua maiorias so conhece duas coisas: prazo e custo.

Julio disse:

Quem acha que Delphi é ruim experimenta dar uma olhada em PowerBuilder, rsrs.

Nelson disse:

Sofro Bullying por programar em GeneXus

Sírio Maquea Alves disse:

Pessoal,

Pra que garimpar bit?
A linguagem usada não importa. Como nosso amigo Leivio disse, o prazo e custo são relevantes, quando vocês programa em java, por exemplo, também não usam plugin’s ?, classes prontas, etc ?
Então, no caso do Delphi, é a mesma coisa, a diferença é que já vem implementado na ferramenta.
Com o Java você desenvolve para Android, Iphone, Windows e Mac com o mesmo projeto/fonte ?
Então, com o Rad Studio Xe5 sim!

Mauricio disse:

Eu programo em Delphi, adoro sofrer bullying…
É isso aí, não usem Delphi. É uma porcaria de linguagem, completamente utrapassada…
Deixem-a para mim 😀

André disse:

Verdade, trabalhei na Prodesp/SP como consultor Borland, pelo menos no site onde estava alocado, havia uns 15 projetos, sendo 1 java, 1 .Net e o resto em Delphi.
Para quem fala que o Delphi morreu, até hoje ainda se programa em cobol e clipper.

Denis disse:

A proposito, sou gerente de TI da empresa que trabalho. Estou com vaga em aberto, e tenho certeza que paga muuuuito melhor que os Java. Caso alguém interesse…. Alias, seria legal uma coluna aqui sobre vagas de emprego certo.
Mas se alguma pessoa se interessar, entre em contato, pode ser aqui mesmo que passo o site da empresa. Blz

Denis disse:

Esqueci de Falar, a vaga é em DELPHI.

Samuel Lira disse:

Pô, eu programo em object pascal com o delphi e faço o que muitos nem sonham em fazer em C# e em java, mas sempre tem um besta que vem com a “zuera” que mostrou na tirinha(e eu entendi que o andré não fez pra tirar sarro).

SparK disse:

Aqui fazem mais bullying com PHP… pra entender o porque só dar uma olhada na lista de perolas da linguagem no phpsadness.com
e se você programa PHP, espero que não se mate após ler o site, saiba que o Ruby já está ai para te salvar dos seus pecados!

Rafael disse:

Cadê os xiitas que falam que Delphi é ruim.

Acompanhem as novidades que vocês vão ficar espantados

Delphi para Android (Nativo)
Delphi apara iOS (Nativo)
Delphi para MAC-OS (Nativo)

Tudo isso escrevendo código pascal, ou seja uma base de código para varias plataformas

PS.: Eu programo em Java tbm então não me venham com mimimi de que falei isso só porque sou programador Delphi.

Abraço a todos

Sim… Nativo. Vá ver se implementa toda a API nova do iOS e Android. Caras sérios e que ganham tufos de grana desenvolvem em JAVA, C#, HTML5/Córdova, PHP, Swift e por aí vai.

Nativo? Rodando sob Firemonkey? Seu aplicativo precisa de uma VM vetorial dentro dos SO’s mobile. Roda sob um quiosque na verdade.

Qual a diferença de escolher o certo? Swift é tão simples quanto Delphi. JAVA é tão simples quanto Delphi. A diferença é que Delphi, transforma qualquer floricultor, jornaleiro ou almoxarife em programador.

Excelentes programadores aprendem a fazer certo. Delpheiros são como múmias. Aprendem POG e tentam fazer tudo em Delphi. Ah… Façam-me rir também. Delphi tem Framework pra WEB, né? Intraweb é excelente. UniGui então… Nem se fala. Construído sob uma engine de componentes excelentes e que nunca dão pau (Indy)…

Venha falar de Delphi em uma empresa séria como a IBM e na Apple, com a qual temos parceria… Você nem precisa vir para uma entrevista. $$ a que se referem deve ser de pinga (10k ou menos por mês). É tão simples aprender o certo e ganhar de 18 a 25k por mês…

Come to my world. Come to Java. Come to Swift!!!

Deixe uma resposta

© 2016 Vida de Suporte | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro