Chaos Rivals

Desaparecer

Publicado em 05/10/2013 em Coffee Break,SUPORTE - A Série

Vida de Suporte

Tive a ideia de fazer essa tirinha depois de ler essa MATÉRIA AQUI!

Bom, não sei se o Suporte Técnico realmente irá desaparecer, e se isso será em menos de 10 anos. Mas uma coisa eu concordo com o autor do artigo, essa profissão irá mudar. Como já mudou muito e vem mudando a cada dia.

Meus pais foram ter o 1º contato com o computador aos 60 anos e hoje já interagem muito bem com o Facebook, Youtube e Email.

Meu filho de 4 anos ainda não sabe ler mas já aprendeu, sozinho, a mexer no meu Smartphone para jogar, ver vídeos e bater fotos.

Acho que daqui a 10 anos os Usuários não serão os mesmos. Assim como os Suportes também não.

E você, o que acha?

74 Comentários

Carlos disse:

A cada dia que passa, está se tornando uma realidade… vlw youtube… =\

Bruno disse:

Concordo que ja esta mudando, mas usuários sempre serão usuários, concordo que hoje as pessoas se viram muito bem com a tecnologia e as crianças também, a minha tem 3 anos e sabe desbloquear o celular e entrar nos jogos, mas tudo isso vai bem até dar algum problema, dai quem vai resolver ???

marcos disse:

Acho que nao irá desaparecer nunca pois as pessoas podem mexer com aplicativos e software agora resolver problemas ninguem quer pois ao primeiro sinal de dificuldade camem o suporte tecnico, sempre será assim

Icaro Freire disse:

Sempre existirão usuarios tipicos, ainda que em menor quantidade.

Beatrice disse:

Exatamente: “Usuário vai ser sempre usuário”! Sempre terá alguém fazendo m…, não sabendo usar as ferramentas e fazendo pergunta estúpida!

Emerson junio disse:

Acho que o modo como é o suporte vai mudar mas não vai acabar,pois sempre haverá pessoas com dúvidas em certas plataformas, máquinas e afins.

Adriano Pontes disse:

Acho que a tendencia não é sumir, mas, temos que evoluir.
Temos que trabalhar para o Auto Atendimento (Ex.: Internet Banking, etc), Cada vez mais temos que pensar em ajudar o usuário a resolver e entender com foi a resolução do problema.

Clarice disse:

Os usuários podem não ser os mesmos, mas algo me diz que a preguiça de pensar nunca vai sair de moda.

JonnaTa disse:

Eu trabalho no suporte, e tenho certeza que nunca vai acabar o suporte lá..kk

Os usuarios sempre estão em posição de ataque..kkk

Eu não acredito que a profissão de Suporte vá sumir porque, na hora de “salvar a vida de alguém”, não vai ser analista de software ou programador que vão fazer milagres!

Que a “experiência do usuário” evoluiu bem nos últimos tempos é fato, mas lembrem-se que, tratando-se de software, este pode (e vai) dar problema uma hora ou outra. E ainda não inventaram uma ferramenta capaz de solucionar tudo num piscar de olhos (na verdade até criaram, ela se chama GNU/Linux =D ).

E o verdadeiro profissional rala, estuda, se dedica na profissão para resolver (de verdade) 99,9% de qualquer tipo de pepino, ou de pelo menos saber encaminhar para quem consegue (reconhecer as próprias limitações não quer dizer que você é incompetente) e ganha muito mais crédito e reconhecimento, ainda que não pareça! As crianças do YouTube que acham que resolvem sua vida tacando um CD do WinXP pirata delas nunca saberão o que a gente passa, e nenhuma empresa contrata um cara com esse perfil!

Estamos passando por um momento de transição, mas ainda vamos ser bastante necessários enquanto existir TI! ;-)

jerônimo disse:

Novas tecnologias surgem e vão necessitar de suporte, acredito que diminua para coisas básicas porque realmente temos uma geração crescendo onde usar uma tela touchscreen é algo rotineiro, então dúvidas mais simples não serão tão comuns.
O suporte sempre existirá, mas cada vez mais especializado.

Mauricio Corrêa disse:

A verdade deve ser dita, não sei em que mundo este senhor que escreveu o artigo vive, mas com toda certeza não é o mesmo que vivo, trabalho com suporte a 7 anos e cada dia que passa vejo que nunca vai ter fim…

Dil Gênova disse:

Não creio que mudará. Mas a metamorfose que se faz necessária em vista das mudanças de tecnologia, obriga, não só o profissional de suporte, mas o de outras áreas correlatas de T.I., à se reinventarem no dia-a-dia e na maneira como oferece seus serviços.
O que acho bastante válido, pois ganhará mercado, aquele que inovar, sem dúvidas nenhuma.

Nano Lima disse:

O suporte técnico não irá acabar nunca. Existe muito mais por trás das bonitas interfaces do facebook e dos joguinhos de smartphone que podemos imaginar. Embora a informação esteja disseminada poucos realmente conseguem entende-la da forma correta. Por mais que facilitem as resoluções de certos problemas ainda há coisas que irão necessitar de suporte técnico. Só para termos idéia existem muitos profissionais de redes que se embananam todos com o IPV6 e desconhecem o modelo OSI. Imagine então para o usuário que com a melhoria das interfaces apenas conseguem ver o que há por cima e não o nucleo da coisa. E quando o bicho pegar terão duas opções jogar o produto fora ou chamar o suporte técnico. O suporte técnico é como o médico que embora desprezado é necessário. Então relaxemos a coisa só está se transformando e os profissionais de suporte se tornaram muito mais necessários. Já estão até com outro nome hoje em dia: Service Desk. Para terminar vou parafrasear einstein:
Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita o universo, ainda não adquiri a certeza absoluta.

guilherme disse:

User sempre users!!
o suporte esta mudando, para nao ficar para traz temos q nos atualizar em computaçao em nuvem (cloud) e o oq mais esta vindo por ae.
A demanda de serviços é grande, mas falta profissional, e claro nao basta vc ser um profissional nerd antsocial, tem q lidar com politicas do dia-dia e saber atender.

Alcides disse:

Enquanto os tablets não dominarem o mercado, acho difícil isso acontecer.

Digo isso porque enquanto existirem peças a serem encaixadas, problema de mal contato e etc, os suportes de hardware irão existir.

Acredito que irá mudar por já estarmos em constante mudança, hoje temos os notebooks ai que já forçaram a mudança de muitos técnicos.

Por mais que hoje a maioria das coisas sejam feitas via software, o correto funcionamento do programa, além de sua programação, se dá por fatores de hardware. Como sabemos, uma tela azul nem sempre é o programa que travou porque o Windows (ou Linux para quem usa) “está bichado” ou o código foi mal escrito, mas se dá também por um processador com problemas de refrigeração, memória ram com problema de alocação ou o HD com problema na leitura/escrita.

Até acredito que, mais para frente, teremos valorização dos técnicos devido a mudança em cima de economia e ecologia.

Ecologia: Hoje tudo é descartável e muito difícil de se reaproveitar (celulares e outros pequenos dispositivos), com a escassez de matéria prima, ou antes dela, a conscientização do quão importante é reaproveitar para não faltar.

Economia: Se falta matéria prima tudo vai ficar mais caro, reaproveitar também é caro, então os equipamentos irão encarecer e a necessidade de manutenção preventiva e corretiva serão impactantes.

Obs. Coloquei de uma forma explicativa mais porque aqui visitam muitos usuários, nós que trabalhamos que isso sabemos de có e não precisamos de “eu” para ensinar. :)

É isso.

Bom Sábado a todos.

Helio Junio disse:

Não acredito que será extinta, mas sim modificada.
Por exemplo:
Como a facilidade em tirar CNH e comprar veiculo não extinguiu o transporte coletivo.
Como a televisão não extinguiu o rádio.
Como a internet não extinguiu a televisão.

Acredito que alguns afazeres irão deixar de existir, mas o suporte não.

Mario Junior disse:

Só espero que os usuários não evoluam pra pior, porque a coisa já está feia, e se esses cruzetas piorarem, quem for trabalhar de suporte terá que possuir um plano psiquiátrico.

leandro disse:

baboseira, sempre terá alguém para arrumar o pc, foram anos de estudos, estamos bem mais avançado que meros usuários; que sempre precisarão de nós.

Douglas disse:

Em todos os aspectos tecnologicos o Brasil possui um “Delay” e coincidentemente esse é de aproximadamente 10 anos mesmo… Não é uma besteira, o equipamento de ponta (Corporativo) é refugo/descontinuado do Primeiro Mundo… Que o Sup. Técnico vai mudar, como tudo muda… Olhe para Inglaterra, USA, India (Por causa do Ingles, desculpem é fato) e vejam o que é o suporte lá hj… Esse é o parametro para saber o que será o Suporte Técnico por aqui.

Fabricio Obregon disse:

Rapaz, leio artigos da década de 80 que já diziam que no futuro próximo não iríamos precisar de suporte.

Baboseiras…

E reiterando o que o Nano Lima falou… existe um mundo entre ter informação e saber o que fazer com ela. O mercado está bagunçado pq a maioria das pessoas não precisa mais do que uma formatação pra acessar o FB.

Jules disse:

Bom, acho que o que vai mudar são os tipos de problema que o Suporte vai resolver, mas não necessariamente a profissão.

Ronaldo disse:

Não irá desaparecer mas sim mudar, seguir video do youtube para resolver problemas não é a mesma coisa que pensar para resolver.

Tem gente que me contrata simplesmente por não saber utilizar computador (sim me dizem isso e são diretores, gerentes). Só sabem usar o básico: acessar internet e usar email, word, excel

Concordo com Fabricio, tudo baboseira!!

Roberto disse:

Em uma empresa com cargos bem definidos, sempre haverá a necessidade de ter um setor que cuide dos equipamentos e que de atenção para os usuário carentes. Agora suporte a pessoa física isso já vem acabando nos ultimos 10 anos.

kidcarrasco disse:

Não acho difícil de acontecer, acredito que quem esteja acomodado vai “rodar”…
não li outros comentários, estou somente passando o meu…
a 4 anos parei de procurar trabalho de técnico de campo para trabalhar com infraestrutura de TI e gerenciamento de TI. Foi bom profissionalmente falando, mas para remuneração continua a mesma coisa, sempre estou buscando conhecimento de novas tecnologias em relação a processamento de dados corporativo, porem na cidade onde moro, não é para qualquer cliente investir 12, 20, 40 mil reais em infraestrutura de informática.
a parte ruim do fim do técnico de campo que eu vejo, é que cada vez mais o salário de quem é mais gabaritado vai se equivalendo ao dos técnicos de campo.
A mais de 10 anos quando trabalhava como técnico de campo, recebia pouco mais de 1 salário mínimo, hoje as empresas querem contratar funcionário para trabalhar como gerente de TI com salário de técnico de campo.
outra situação que vejo também que para muitas empresas, enxergam a área de TI como departamento que só gera gastos, não traz lucro algum para a empresa ou melhoramento da empresa, sendo que a realidade é totalmente oposta.

Fabrício disse:

Em poucas palavras: Carpir na roça todos sabem, mas poucos querem. Daí existe quem ganha com isso.

Matheus disse:

O radio, não substitui a televisão, o concreto não tirou o espaço da madeira, nem o DVD substitui totalmente o CD ainda…

Acredito que o suporte vai virar algo roots como os alfaiates. – e com isso ganhar respeito.

Sérgio disse:

É óbvio que o suporte nunca irá desaparecer do mercado, tive um professor muito legal de mídias digitais que dizia: Tecnologia só é novidade quando não estamos inseridos (acompanhando) o mercado. Essa geração até então conhecida como Y pode saber usar um celular com 3 ou 4 anos de idade, mas será que sabe desmontar um pc? substituir peças de notes? ou programar em 7 linguagens diferentes? Isso é apenas um Reflexo do quanto nós desenvolvedores, programadores, suportes e profissionais em geral do mundo da informática facilitamos ferramentas complexas a um senso comum em telas.

– -‘ com 15 anos eu sabia programar em 2 linguagens e fazia um técnico em informática com ênfase em montagem e manutenção, ou seja , hoje sou supervisor na área de projetos em TI formado em engenharia da computação e ciências da computação com um MBA em gestão de projetos tudo que eu conquistei foi com esforço assim como todos neste site.

Concluindo: Todo ano faculdades lotam turmas onde apenas 15% dos alunos realmente terminam o curso e dentre os 15% menos de 2% realmente aprendem algo, =) em termos estatísticos a chance do suporte morrer é de 0,00000000001% em relação a falta de conhecimento alheio, notem por exemplo: um curso de operador de computador é tudo que os “Jovens” fazem hoje em dia, e convenhamos que saber uma coisa ou outra de web designer não é algo fora deste mundo com a quantidade de material na net.

Nosso amigo Alberto Parada deveria pensar menos e olhar mais a situação do Brasil ^^

christiano disse:

karaa acho difícil o suporte desaparecer, entretanto tenho certeza que ela irá deixar as coisas triviais e se voltar para o lado mais sério. mais como foi dito os “Usuários” estão evoluindo mas nunca deixarão de ser usuários.! kkkk

Everton disse:

Olá galera, sou téc. em manutenção de micro e quero expandir meus conhecimentos porque sei que são poucos, ja tive contato com servidores de rede windows e linux mas quero fazer um curso voltado para TI, Ciencia da computação é mais programação e nao sei se quero isso. Alguem sabe um curso legal para pelo menos eu começar a trabalhar como suporte ?

Andre disse:

Parece o Tio Bill Gates com as suas famosas “MODAS DO FUTURO” onde este “negocio de INTERNET” não vai ter futuro já que não passa de uma novidade em utilidade maior para o USUARIO…

Eu não sei se este povo sempre quer GERAR POLEMICA ou se realmente estão escrevendo sem conhecer o nosso USUARIO CLICADOR, pois a maior parte é isto…

Caraca,,, o Post da matéria do Alberto Parada! Ele foi meu chefe na CPM Braxis em 2009, no projeto Citibank!

Gabriel disse:

Não entendi a piada

Antonio Pereira disse:

Eu acho que o Analista de Suporte precisa aprender criar tirinhas pra se manter no mercado, rsrs
Mas é só minha opinião.

Raf disse:

Tenho certeza que o suporte técnico morrerá, mas isso ocorrerá logo após o fim da profissão de mecânico de automóveis. Quem já trabalhou numa concessionária sabe as questões absurdas que aparecem ali… :)

Paulo Rapozo disse:

Por isso já estou me preparando pra mudar de profissão huahauhua

Eli disse:

Eu acho que o suporte está completamente diferente do que era antes, por isso não sumirá, apenas vai se reformulando. 10% dos meus chamados são com tablets, tem técnico iniciante que arruma os tablets e celulares dos vizinhos, por exemplo.

Ariel disse:

Jamais deixará de existir suporte técnico como jamais deixara de existir programadores. Sem ambos, a tecnologia não é nada, isso é fato.

Rodrigo disse:

Pessoal do VDS, dá uma olhada aqui: http://9gag.com/gag/aWZ1XQd

Bruno disse:

A preguiça, insegurança e o comodismo nunca vão desaparecer, logo o suporte continua. O que todos nós esperamos é que o mercado brasileiro evolua e se profissionalize de fato, pois investir me formação e qualificação pra ganhar o que se paga em média por aqui é cada vez mais complicado. Vejo cada vez mais colegas recém formados se preparando para sair do país pois a perspectiva por aqui não é nada animadora. Enquanto o mercado não respeitar a TI, os melhores continuarão saindo em busca de melhores oportunidades.

Eu disse:

Provavelmente não irão sumir. Mudar sim, sumir definitivamente não.
Nem todo mundo nasce com um smartphone/computador na mão, e isso é fundamental para aprender. Ainda existirá o povo com menos dinheiro e alguns lesados profissionais provavelmente ainda precisarão de ajuda.

Não estou falando que quem tem menos dinheiro (insuficiente para comprar gadgets e tal seja mais burro, mas provavelmente terão dificuldades ao mexer pela primeira vez, pois provavelmente só arranjarão um bem depois da fase do aprendizado fácil [até os 6 anos].)

O comentário deve estar meio confuso, mas eu virei a noite procurando vestibular e estou pregado… terei de trabalhar em 2 horas. ZUMBIMODEON

TecnoNerd disse:

Apenas uma frase: “Nunca subestime o usuário.”

JP disse:

Quem trabalha e TI há pelo menos 10 anos já percebeu uma coisa, os usuários sabem cada vez menos de informática. Até algum tempo atrás tinham leve noção do que é um IP ou uma impressora de rede, hoje simplesmente assumem que tudo isso funciona como mágica. Estão muito mais familiarizados com o hardware (smartphones, tablets) e internet, mas nunca estiverem tão topeiras com relação a software coorporativo (office, crm, erp) como agora.

Daniel disse:

Nao conrodo tanto assim… a carreira de suporte tecnico evoluiu, se deprciou com o tempo, mas sempre sera necessaria… ou vamos ser incoentes e acreditar que um usuario sabera identificar uma falha critica do windows e repassar para o superior o que deve ser feito e etc? ou mesmo compartilhar em rede aquela bendita impressora que semrpe fica off-line…
Ou mesmo, dar suporte a uma rede estruturda… queria ver um usuario mexer em todos aqueles fios, saber os padroes etc… enfim… há uma enorme diferença em saber operar um pc e manjar dos paranau da informatica…
:P (nao consegui definir melhor a expressao paranaue…)

Bitetti disse:

Sumir não some, mas deve mudar significativamente já q oque se vê atualmente não são usuários mais bem informados, eles sabem usar de forma natural as ferramentas mas poucos sabem oque realmente esta acontecendo. Muitas vezes não sabem nem nomear. Então acho q o mais provável é o futuro técnico virar a figura de um mentor com a missão de corrigir conceitos errados no lugar daquele que ensina a usar coisas novas.

Velho Chato disse:

A carreira de “datilógrafo” também era imprescindível no meu tempo e sumiu. Nem por isso quem era datilógrafo ficou sem emprego, apenas mudou de cargo. Carreiras surgem e somem, não sei porquê tanto alarde.

Eu não indico Linux pros meus clientes por isso.. enquanto houver windows, existiram problemas… e enquanto existirem problemas existirá a necessidade de suporte.. ;)

Kenji disse:

Que nada. A cada tempo surgem coisas novas, a medida que surgem novas dúvidas e que necessitam de novos suportes.

É uma bola de neve que desce a montanha e só vai crescendo de tamanho, mas nunca para.

Alex disse:

Eu não concordo, quem faz suporte na casa das pessoas sabe que isso não é tão verdade assim, é fato que a carreira mudou, mas diferente de antes hoje em dia a quantidade de empregos que existem para suporte técnico em TI é enorme, fora os concursos que praticamente todas as instituições públicas abrem vagas para TI. TI não é apenas trocar uma memória ou formatar um PC, agrega desde uma simples configuração de sistema à manipulação de linguagens de alto nível e blocos gigantescos de dados, na minha humilde opinião TI hoje é parte integrante de todas as estruturas e nunca deve sair!

Alex disse:

“Que nada. A cada tempo surgem coisas novas, a medida que surgem novas dúvidas e que necessitam de novos suportes.

É uma bola de neve que desce a montanha e só vai crescendo de tamanho, mas nunca para.”

Concordo plenamente Kenji

Ed Lima disse:

Depende.

Trabalho em um ambiente onde o usuário é dependente do suporte até para trocar a fonte do Word. Mesmo usuário que possuem algum conhecimento em informática absorve esse comportamente, caratecrizado de “se tem alguém que faça por mim, por que eu tenho que me preocupar” e não há ninguém que intervenha nessa parte. Se implementarem um serviço automatizado, com certeza a empresa vai para o buraco. Acho que por aqui no Brasil ainda vei ter chão…

Fabio disse:

Penso que suporte nunca vai acabar, o que tende a ter um fim são os formatadores de computador e instaladores de software piratão. Estes com certeza estão com dias contados, pois as pessoas e também as empresas estão comprando computadores com garantia e assistência loclal e isso elimina boa parte desta turma.

piaba disse:

Olha, é complicado dizer o que vai ser daqui ha 10 anos. Se formos ver bem, ha menos de 6 nem tínhamos tablets, iphones, ipicas etc, muito menos falava-se em cloud.

É obvio que isso irá crescer exponencialmente, e sistemas operacionals voltados a usuários terão o poder de “consertar-se a si mesmos”.

ë muito provável que o suporte à usuário final irá mudar. mas duvido muito que o suporte corporativo (tipo professional e premier da Microsoft), este continuará com toda força.

Inclusive irá precisar de mão de obra EXTREMAMENTE especializada, para dar suporte à nova computação em nuvem e dispositivos móveis, cada vez mais smarts.

End-user pode estar acabando. Enterprise-user está só começando. corram atrás!

Cris Xavier disse:

Uma grande baboseira essa matéria!

Marco Rezende disse:

Me estranham alguns comentários feitos aqui, diminuindo a figura do usuário e tratando-os como “burros”, para não dizer o pior.

Sou da área de TI há 15 anos e concordo que sempre haverá espaço para o profissional de suporte, uma vez que a própria TI está constante mudança e esses profissionais ajudam os usuários a lidar com essas mudanças.

Mas penso que é equivocado dizer que o usuário sempre será o mesmo. Ele evolui, a TI evolui e o suporte deve evoluir junto.

O profissional de suporte que enxerga o usuário como uma “besta”, que só faz “m”, como disseram alguns colegas aqui, talvez ainda não se deram conta de que a sua própria condição de profissional de suporte só existe porque existe o usuário.

Pessoas têm habilidades distintas. O médico, o engenheiro, o advogado não precisam ser especialistas em informática. E nem por isso eles nos chamam de “bestas” quando precisamos de ajuda para curar nossa doença, construir nossa casa ou nos assessorar juridicamente.

Resumindo, cada um no seu quadrado, e tentado dar o melhor de si para trabalhar com conjunto. O profissional de suporte só existe por causa do usuário, bem como a própria TI só existe por causa do negócio, que, no final, é quem realmente paga a conta. Inclusive a conta da TI.

Abraços fraternos a todos!
Marco Rezende

Ricardo disse:

Quanta besteira…

A posição de suporte tende a aumentar!
O fato das pessoas saberem mais sobre tecnologia não tem NADA A VER com diminuição nas vagas de suporte.

A quantidade de ferramentas só vem aumentando e agora temos um BOOM de cloud, onde servidores, serviços, arquivos, etc estão todos migrando para NUVEM.

Estamos mais e mais refens de algum tipo de suporte tecnico ao longo do tempo.

Infelizmente não vejo outro caminho tão cedo.

Não confundam um usuário saber configurar Windows e Email com não ter necessidade de suporte tecnico.

Veja os flagras do suporte.
Agora pense se realmente vai desaparecer. Simples :)

Nilmar João dos santos disse:

O profissional de suporte não irá desaparecer completamente. Mas diminuirá muito a quantidade de profissionais que solucionam problemas básicos, pois os usuários e ferramentas (software e equipamentos) ficam cada vez mais inteligentes.
Os PCs vão dar lugar à dispositivos móveis maís fáceis de usar. A impressora só precisa de internet e nem será mais necessário instalá-la.
O servidor ficará em uma nuvem onde poucos técnicos darão conta de manter.
As aplicações ficarão mais especializadas e intuitivas e estarão hospedadas na nuvem.
Alguém simplesmente vai montar uma infra básica e o usuário com uma senha usará a rede da empresa.
Os aplicativos e equipamentos serão mais baratos e terão maior qualidade e darão menos problemas.
O profissional de suporte não será um resolvedor de problemas, será um consultor de alto-nível que atenderá centenas de pessoas para auxiliar em soluções de negócio.

Bruno César disse:

Que isso, não vale a pena nem comentar.

A cada dia que passa vai precisar é mais, tecnologia não é para todos.

Adriano Gonçalves disse:

Nunca subestime o poder dos usuários de fazer m… Haverão novas tecnologias, novos desafios e, com eles, mais besteiras para os usuários fazerem e pra o suporte consertar…

Messias disse:

Suporte sempre vai existir, porém cada vez mais barato !

Guipson disse:

Concordo com muitos aqui nos comentários, já trabalho com suporte a mais de 10 anos e realmente tem mudado muito, pode até diminuir, mas acabar acho um pouco difícil, pois sempre vai ter alguém com alguma dúvida e todos sabemos a maiorias das pessoas não leem o manual e dúvidas sempre terão, então amigos o suporte nunca morre.

Jeyson disse:

Videos cassetes, TV’s e um monte de outros devices entraram em desuso sem que o suporte se findasse. Enquanto houver, hardware, software e pessoas, o suporte será indispensável. Há, deixa eu ligar ali na Microsoft, estou com um server 2012 dando pau.

Miguel disse:

Isso non ecziste sempre vai ter alguem que nao vai querer ter o trabalho de consertar ou configurar as coisas, sempre foi assim vai demorar pra isso mudar!!

Fico feliz pela repercussão, mas muito mais feliz pela oportunidade de fazer as pessoas que tramitam na área pararem para pensar,afinal aprender para evoluir ainda é o melhor caminho para se preparar para o futuro.
Em tempo fui Suporte Técnico durante muito tempo na minha carreira

Amaury disse:

Pra que suporte? Se der pau, troca de provedor, de Smart, de tablet, de PC etc.

Panda disse:

Esta na hora de saber separar suporte de help desk. O suporte corporativo, de grandes sistemas de informacao para empresas e suas SANs, WANs, clusters etc, nunca ira morrer e sempre ira pagar bem. Quanto ao help desk, normalmente feito por algumas moscas mortas que nem PowerShell querem aprender e que vao morrer dando suporte para usuario final, esses tem mais e que desaparecer, mesmo.

Não é cabível essa notícia, é mais fácil o pessoal que mexe ou meche não sei com pc dominar o mundo, o povo está ficando cada vez mais dependente pow, sem o celular tem gente que não vai no trabalho igual eu rsrsrs, zueira
curto pra caralho esse site vey, só que sou noob in the language of computers, can anyone send me a good website that can update me?
gratefully Peter, The Jackass of computers.

Lucas - CE disse:

Concordo com Todos! Não acredito no fim do Suporte Técnico.
Sempre vão existir usuários preguiçosos que nunca iram resolver os defeitos nas maquinas, por menor que elas sejam.
Ser um profissional capacitado e experiente abre muitos portas no mercado de trabalho. No meu ponto de vista, nada o que se preocupar, contanto que devemos sempre está atualizados com as novas tecnologias.

Sérgio disse:

Marco Rezende,

Entendo totalmente sua opinião, mas em nenhum momento achamos que usuários são burros, é fácil defender que cada um tem sua função dentro da sociedade mas é f* a maioria de nós ser taxados de mecânicos e afins. Sobrevivemos ás custas da ignorância alheia (sim é verdade) mas existem limites para tudo na vida né?

Eu recebo reclamações quase que diárias achando que a empresa é de telemarketing e olha que nem temos tantos telefones assim, uma das coisas que oferecemos é soluções em telecomunicações (note a diferença) como todos disseram e eu repito: Usuário não é burro, porém é acomodado ao extremo

LuizFlavio disse:

Impossível o suporte técnico desaparecer…
Trabalho com desenvolvimento de sistemas e sou professor numa Etec (rede escolas técnicas estaduais de SP)há 12 anos, até uns oito anos atrás meus alunos (curso Técnico em Informática) entravam na escola sabendo operar o Windows/Linux(S.O. em modo gráfico) e algum pacote Office.
Hoje praticamente TODOS tem computador em casa e banda larga, mas ficam só no Facebook, YouTube, Jogos online (fora as pornografias…), não SABEM OPERAR um microcomputador como ferramenta de trabalho.
Diante de tal cenário, que só tende a se agravar, se você trabalha com suporte, fique tranquilo.

Victor Nutty disse:

Falando em desaparecer, a matéria em que a tira foi baseada e que está na legenda deu erro 404 o.O

Deixe uma resposta

© 2014 Vida de Suporte | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro