TOPDesk

Influências, Referências e Inspirações: São Bernardo

Publicado em 05/10/2010 em Influências e Referências,Livros

O livro narra em 1ª pessoa a trajetória Paulo Honório na sua gananciosa, desumana e violenta busca em se tornar um poderoso latinfundiário.

Quem já viu o filme Sangue Negro (There Will Be Blood, 2007) pode achar semelhanças com a obra de Graciliano Ramos, frequentemente considerada uma das maiores da nossa literatura.

Abaixo reproduzo alguns dos trechos mais emocionantes do livro:

Cinqüenta anos! Quantas horas inúteis! Consumir-se uma pessoa a vida inteira sem saber para quê! Comer e dormir como um porco! Como um porco! Levantar-se cedo todas as manhãs e sair correndo, procurando comida! E depois guardar comida para os filhos, para os netos, para muitas gerações. Que estupidez! Que porcaria! Não é bom vir o Diabo e levar tudo? Sol, chuva, noites de insônia, cálculos, combinações, violências, perigos e nem sequer me resta a ilusão de ter realizado obra proveitosa.(…)

As criancinhas, nos casebres úmidos e frios, inchariam roídas pela verminose. E Madalena não estaria aqui para mandar-lhes remédio e leite. Os homens e as mulheres seriam animais tristes.

Bichos. As criaturas que me serviram durante anos eram bichos. Havia bichos domésticos, como o Padilha, bichos do mato, como Casimiro Lopes, e muitos bichos para o serviço do campo, bois mansos. Os currais que se escoram uns aos outros, lá embaixo, tinham lâmpadas elétricas. E os bezerrinhos mais taludos soletravam a cartilha e aprendiam de cor os mandamentos da lei de Deus.

Bichos. Alguns mudaram de espécie e estão no Exército, volvendo à esquerda, volvendo à direita, fazendo sentinela. Outros buscaram pastos diferentes.

Mais sobre o livro São Bernardo no Wikipedia.

Graciliano Ramos no Wikipedia.

Análise da livro.

Influências, Referências e Inspirações: Costinha

Publicado em 17/09/2010 em Humoristas,Influências e Referências

No dia 15 de setembro de 1995, Lírio Mario da Costa, o Costinha, deixou a vida para entrar na história. Nascido no Rio de Janeiro, filho de um palhaço, iniciou a carreira mimetizando o pai, que abandonou a família pouco antes de Costinha completar 13 anos de idade. Trabalhou como garçom, engraxate, apontador de jogo do bicho e faxineiro da Radio Tamoio, onde despontou para o panteão dos grandes homens que fazem a história.

Continue lendo no http://costinhaday.tumblr.com/…

Veja homenagens no Costinha Day.

Costinha no Wikipedia.

Influências, Referências e Inspirações: Jeff Buckley

Publicado em 27/07/2010 em Influências e Referências,Musicas

Uma dica pra todo Suporte que anda estressado com o trabalho: escute Grace (1994), de uma das mais belas vozes do Rock´n´Roll, Jeff Buckley.

Cada faixa do disco compõe uma obra única da história do Rock, e a interpretação de Buckley é algo sobrenatural, o que torna ainda mais lamentável a sua morte trágica e prematura, com apenas 30 anos.

Grace é o primeiro e único álbum de estúdio oficial e completo de Jeff Buckley.

Clique aqui para acessar o site oficial de Jeff Buckley

Ou clique aqui para saber mais sobre ele no Wikipédia

Influências, Referências e Inspirações (Parte 1)

Publicado em 13/04/2010 em Filmes,Influências e Referências

CINEMA

  • Título: RAN
  • Ano: 1985
  • Direção: Akira Kurosawa
  • País: Japão, França.
  • Descobri a existência desse filme no mesmo dia em que Kurosawa morreu. Passava um especial na televisão homenageando o mestre, quando fui arrebatado pelas cenas das batalhas. As poucas imagens mostradas nesse programa já tornaram RAN um dos meus filmes favoritos.

    O caos e a violência originados da estupidez humana, são pintados na tela com uma maestria que eu, particularmente, nunca vi igual. Nesse filme os maiores vilões são também as maiores vítimas.

    A cena final resume (de forma genial e incomparável) todo o filme em apenas uma imagem. Mais que isso, simboliza a humanidade perdida, abandonada, cruel e indefesa contra si mesma.

    © 2016 Vida de Suporte | Feito com Wordpress - Desenvolvimento por Dk Ribeiro